À primeira vista, o cenário atual de crise não parece muito propício a negócios. No meio jurídico, isso parece ainda mais forte, já que é grande a concorrência num mercado que conta com mais de 1 milhão de advogados inscritos nos quadros da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Além disso, a rigidez com que o Código de Ética da OAB trata a publicidade dos serviços de advocacia parece dificultar a divulgação dos serviços jurídicos e, em consequência, a prospecção de clientes.

Porém, como dito, essas questões parecem complicadas somente à primeira vista. Com planejamento, foco e organização, é possível vencer esses obstáculos, se destacar e garantir o sucesso do seu escritório.

Quer saber como? Então leia este post para saber mais e conheça seis dicas para descobrir como prospectar clientes na advocacia!

Alguns princípios fundamentais para prospectar clientes na advocacia

Como em qualquer outra situação em que você deseja ser o melhor, é preciso planejamento. Você deve estabelecer, então, previamente, o que deseja alcançar e as estratégias necessárias para chegar ao seu objetivo.

Assim, planejar a atuação de um escritório de advocacia inclui, primeiramente, definir os clientes que você quer atrair. Para isso, escolha uma ou algumas áreas de atuação e, depois, procure se especializar nela(s). Constituída a sociedade de advogados e determinados os assuntos dos quais vai tratar, é hora de pensar na divulgação dos seus serviços.

Nessa exposição, procure manter o foco, traçando, por exemplo, a quantidade de clientes que precisa prospectar por mês para atingir aquela meta. Esforce-se e busque usar todos os meios disponíveis para manter relacionamentos com cada vez mais pessoas, profissionais da área ou não.

Porém, não basta se planejar e ter foco em atrair clientes se não houver organização. Afinal, de nada adianta ter uma vasta clientela se você não conseguir administrar todos os processos judiciais pelos quais será responsável.

Tenha a certeza de que vai chegar um ponto em que será praticamente impossível conduzir tantos casos. Nessa situação, investir em automação jurídica é uma boa opção!

A prospecção de clientes na prática

Depois de analisar alguns princípios que você deve observar ao dirigir um escritório de advocacia, é hora de colocar em prática medidas que vão ajudar na divulgação dos seus serviços, atrair pessoas interessadas neles e manter a lucratividade do negócio. Confira as dicas para facilitar a prospecção de clientes:

1. Tenha um cartão de visitas

Embora seja o meio mais tradicional de divulgar serviços jurídicos, ter um cartão de visitas ainda pode ser muito eficiente. Ele é a forma pela qual você se apresenta no mercado e é por meio dele que as pessoas vão se lembrar de você.

No cartão, registre seus dados ou os de seu escritório, como o nome, o logotipo da sociedade de advogados, o telefone, o e-mail, o endereço, o número de registro na OAB dos profissionais envolvidos, bem como a(s) especialidade(s) em que atuam.

Ao desenvolvê-lo, lembre-se de utilizar cores sóbrias e registre nele somente as informações mais relevantes (não deixe que fique “poluído” demais, pois isso pode cansar a visão do leitor). Deixe o logotipo em destaque, para que as pessoas se lembrem da sua marca. Utilize um papel firme, com gramatura de, no mínimo, 200 g/m².

2. Desenvolva um website pessoal ou do escritório

Partindo do clássico para o tecnológico, desenvolva um website para você ou para o seu escritório. Essa é uma estratégia importante, já que, hoje, a internet é um dos principais meios pelos quais as pessoas buscam os serviços de que precisam.

Ao elaborar o seu site, busque transmitir credibilidade. Para isso, invista numa aparência leve e que dê um ar de seriedade. No conteúdo dele, divida as informações em diferentes abas, sendo, por exemplo, uma para a história de criação do escritório, outra para a formação dos profissionais, outra para os ramos em que são prestados os serviços, outra para contato etc.

Vinculado ao website, é importante ter, também, um blog como estratégia de marketing jurídico digital. Nele, você pode postar conteúdos relevantes para o público-alvo que deseja atingir, buscando criar um relacionamento com ele.


Assim, publique dicas e informativos com uma periodicidade razoável (são sugeridos posts quinzenais), bem como crie um espaço para tirar dúvidas e outro para que o leitor assine a sua newsletter.

3. Crie perfis em redes sociais

Com a difusão das redes sociais, é fundamental que você e/ou seu escritório estejam presentes também nesse meio. Assim, considere criar perfis em mídias, como o Facebook, o Twitter, o Instagram e o LinkedIn.

Neles, divulgue conteúdos interessantes e que tragam informações importantes ao leitor (não deixe seu perfil repleto de dados que não serão úteis para ele). Ainda, utilize essas redes para interagir com o público, tirando dúvidas e respondendo comentários. Isso vai fazer com que o seu serviço se torne mais atraente.

4. Utilize o e-mail marketing

Uma boa ferramenta para manter contato com seus clientes e, ainda, atrair outros, é o e-mail marketing. Essa estratégia consiste no envio de mensagens para o correio eletrônico de pessoas que possam precisar dos seus serviços.

Ela pode ser bastante eficiente, já que permite que sejam encaminhados conteúdos relevantes aos destinatários, de acordo com os seus interesses. Para isso, procure manter um cadastro com os dados das pessoas que já contrataram você, mas não se esqueça de buscar novos destinatários utilizando o site e as redes sociais.

Peça para que o usuário preencha formulários com suas informações. Mas não se esqueça: eles devem autorizar o envio das mensagens!

5. Participe de eventos

Participar de eventos jurídicos, tanto acadêmicos quanto culturais e educativos, é uma boa forma de se fazer presente no mercado. Além de ter a oportunidade de expor o seu nome ou o logotipo do escritório, é uma chance de ter contato com outros profissionais, ampliando seu networking, e também com possíveis clientes.

Ademais, essas ocasiões são perfeitas para aprimorar as técnicas e adquirir mais conhecimento. E isso pode ser tanto em relação à(s) área(s) em que você ou a sociedade de advogados já atuam quanto também para expandir para outros ramos.

Caso tenha possibilidade financeira, considere, ainda, patrocinar eventos como esses. Essa é outra forma de divulgar os seus serviços para profissionais e para quem deseja contratá-los.

6. Descubra novas demandas não supridas

Uma boa estratégia para se destacar no mercado é oferecer o que os concorrentes não oferecem. Por isso, procure mapear demandas novas ainda não supridas.

Estamos falando de ações a respeito de conflitos recentes na sociedade, como, por exemplo, aqueles que envolvem os aplicativos de motoristas, seja em questões trabalhistas, consumeristas, ou de regulamentação desse meio de transporte. Esse é um terreno fértil para ações judiciais, pois, como a regulamentação do assunto está em andamento, ainda não há um consenso sobre o tema.

Como se pode ver, basta saber como prospectar clientes na advocacia para alcançar o sucesso no meio jurídico. Assim, seguindo os princípios e aplicando as dicas acima, as adversidades do atual cenário econômico não serão mais um obstáculo, mas somente um desafio a ser vencido!

Gostou das dicas deste post dicas e quer se manter informado sobre o Direito? Então assine agora mesmo a nossa newsletter!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert