Muitas vezes, quando precisamos falar em público, pensamos logo no quanto a situação pode ser incômoda. Esta resistência cria mais afastamento em relação a essa experiência, causando ainda ansiedade e insegurança. 

De modo geral, a retórica vai muito além da capacidade de organizar as ideias e da arte de falar bem em público. Ela também está relacionada ao domínio do conteúdo e à superação da timidez, algo muito comum entre as pessoas, e que atrapalha significativamente a desenvoltura do profissional.

A oratória é um dos requisitos mais importantes para advogados. Afinal, a profissão muitas vezes exige que o profissional se apresente em audiências e explanações, além de precisar interagir, saber negociar e convencer diversas pessoas.

Embora muitos achem que ter uma boa retórica é um “dom”, a verdade é que se trata de uma habilidade que demanda elevada técnica. Pensando nisso, trouxemos algumas dicas de como melhorar a oratória para advogados. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

1. Elabore um roteiro

Sempre que tiver que se apresentar, construa um roteiro com os tópicos que deverão ser abordados, de preferência pressupondo possíveis questionamentos que possam surgir.

O roteiro permite aperfeiçoar estratégias que proporcionem uma oratória melhor. Por isso, tente não se afastar do conteúdo previsto, organize suas ideias e priorize a importância de cada assunto a ser dito.

2. Estude bem o assunto

Para que o discurso siga corretamente como foi definido no roteiro, estude bastante o assunto e domine todo o conteúdo. Isso faz com que você se sinta confiante o suficiente para discursar em público.

Vale ressaltar que o hábito de treinar o discurso estimula o desenvolvimento da habilidade. É preciso praticar pelo menos uma hora por dia, ou em frente ao espelho, ou gravando para assistir depois. Fazer isso é crucial para identificar as falhas e melhorar a dicção.

3. Preste atenção no tom de voz

Verificar a entonação de voz e adequá-la ao tipo de situação enfrentada é extremamente importante para lidar com o público. Nesse caso, não deixe de praticar diferentes entonações, pronuncie pausadamente e dê ênfase em termos que sejam mais fortes.

Também é fundamental encontrar o ritmo correto da fala, buscando não atropelar as palavras a fim de permitir a compreensão dos ouvintes.

4. Utilize o vocabulário adequado

Quanto mais amplo for o seu vocabulário, melhor será a impressão que causará na plateia. Para isso, assegure-se de que ele seja formal e objetivo, evite sotaques e gírias.

Além do vocabulário pertinente, o advogado precisa ter autocontrole, uma postura adequada e, sobretudo, conhecimento necessário para argumentar.

5. Prepare-se para o debate

Muitas vezes, o momento do discurso pode ser tenso. Por esse motivo, prepare-se previamente para a apresentação. Treinar todo o seu roteiro é uma dica importante para garantir êxito.

Saiba valorizar as “cartas” que tem nas mãos, conheça o potencial de cada argumento jurídico e entenda como utilizá-lo no momento oportuno.

6. Faça um curso de oratória

Por último, e não menos importante, a oratória para os advogados pode ser desenvolvida por meio de muita prática e conhecimento teórico. Dessa forma, uma ótima dica é procurar alguns cursos que auxiliem o profissional no uso da linguagem. Já existem diversos métodos de comunicação atualmente que ajudam desde os estudantes de Direito até os profissionais já formados.

Ainda, destaca-se a importância da oratória para essa classe especificamente. Ser dotado de uma boa retórica é ter capacidade de convencimento e oferecer um serviço satisfatório aos seus clientes. Portanto, não deixe de seguir as nossas dicas.

Gostou deste conteúdo? Então aproveite a visita no blog para assinar a nossa newsletter. Desse jeito você recebe atualizações em sua caixa de entrada e fica por dentro de todos os nossos artigos!

Powered by Rock Convert
TIKAL TECH
Autor