Em um mundo dominado pela tecnologia, assistimos cada vez mais escritórios e departamentos jurídicos se rendendo às novas ferramentas e reconhecendo que a falta de investimento nesse setor pode diminuir sua competitividade no mercado atual. Nesse cenário, o processo de automação de documentos jurídicos é, mais que uma realidade, uma necessidade.

A automação consiste na utilização de softwares para executar as tarefas padronizadas e repetitivas. Existem diversas empresas especializadas em criar dispositivos tecnológicos específicos para a advocacia. São recursos que podem impactar a rotina dessa área e torná-la mais produtiva.

Para entender melhor como essas inovações impactam o dia a dia dos advogados, confira, a seguir, os 5 principais benefícios da automação de documentos!

1. Aumento da produtividade

É preciso pensar na produtividade além do seu aspecto administrativo. Assim, com a automação, a equipe — que inclui os advogados estagiários e profissionais administrativos — consegue dedicar mais tempo para outras áreas da empresa. Dessa forma, é possível realizar mais trabalho com os mesmos recursos, o que faz com que cada setor alcance melhores resultados.

2. Redução de erros e falhas

Quando lidamos com grandes volumes de documentos físicos, é praticamente impossível não cometermos alguns erros. Afinal, humanos são passíveis de falhas por desatenção, desorganização ou outros motivos semelhantes.

Nesse sentido, o processo de automação contribui para evitar a ocorrência de incorreções, pois ele substitui a vulnerabilidade humana pela precisão da máquina. Com isso, os departamentos jurídicos conseguem evitar os custos relacionados a erros e falhas.

3. Minimização de custos

A redução de custos é um dos benefícios mais diretos gerados pela automação. Essa economia ocorre, principalmente, como um resultado direto do aumento da produtividade e da diminuição das falhas. Por isso, embora o processo de automação exija um investimento inicial, a redução de custos é um benefício que justifica o gasto.

4. Maior integração

Automatizar os documentos possibilita que as informações fiquem acessíveis às pessoas certas, de forma integrada. Assim, os envolvidos em cada processo podem acessar os dados para incluir novas informações e para executar as ações necessárias em cada etapa, desde que devidamente autorizados.

O compartilhamento pode incluir diversos setores, garantindo maior integração entre as diferentes áreas e possibilitando a troca de informações em tempo real de modo interdependente.

5. Aumento da segurança no armazenamento

Um dos maiores benefícios de automatizar processos jurídicos é o armazenamento eletrônico dos documentos, que é inerente ao processo de automação. Ao passo que há redução de falhas nos processos, há maior conformidade das informações, o que minimiza a ocorrência de erros na formulação de contratos e outros documentos legais.

Além disso, o correto armazenamento desses dados protege a empresa da exposição do conteúdo de seus documentos. Nesse sentido, o arquivamento eletrônico aumenta a segurança. Por isso, é fundamental escolher uma plataforma segura para realizar esses arquivamentos.

Dada a importância de implementar sistemas de automação eficientes, é fundamental contar com um assistente jurídico de alta performance, como o ELI, da TIKAL TECH. Trata-se de um robô de inteligência legal melhorada, que atua como um grande aliado na automação de documentos jurídicos.

Se você procura otimizar processos e aumentar a produtividade do seu escritório, conheça mais sobre o ELI!

Autor

Escreva um comentário