Ser advogado correspondente é auxiliar outros profissionais do meio jurídico nos trâmites e burocracias que o exercício da advocacia a distância exige. Assim, é ele quem faz protocolos, obtém cópias de processos, solicita certidões, comparece em audiências, atende clientes, entre outras tarefas com as quais um escritório de advocacia tem que lidar. Por isso, ele é tão importante.

Afinal, a sua atuação significa o encurtamento de distâncias, permitindo que advogados representem seus clientes e façam valer seus direitos mesmo que em locais distantes. Porém, em um mercado tão concorrido, algumas estratégias podem ser o diferencial para que um correspondente jurídico se destaque.

Quer saber quais são elas? Então, continue a leitura e confira as nossas dicas de como ser um advogado correspondente de sucesso!

Busque sempre conhecimento

Em qualquer profissão, para exercê-la com qualidade, é preciso conhecer a fundo o que se faz. Isso também vale para o Direito. Além disso, a atividade de advogado correspondente pode apresentar a você situações novas, nas quais talvez nunca tenha atuado. Entretanto, isso não pode ser um empecilho.

Para lidar com essa questão, o estudo e a atualização constante são a solução perfeita. Então, procure cursos de capacitação ou de pós-graduação para aprimorar os conhecimentos e saber como agir. Assim, você garantirá que o serviço prestado ao advogado ou escritório que o contratou será satisfatório.

Seja um advogado correspondente acessível

O fato de estar sempre em trânsito e cumprindo demandas não pode ser um impeditivo para que as pessoas consigam encontrar você e entrar em contato. Aliás, hoje em dia, esse problema pode ser contornado de forma bem mais fácil com o uso de tecnologias, se comparado há algum tempo atrás.

Portanto, use e abuse dos mecanismos que facilitem a comunicação. Você pode contar com aplicativos de mensagens instantâneas, e-mail, telefone etc. Ou seja, ofereça a maior quantidade de possibilidades possível para que consigam falar com você. Assim, não perderá nenhuma demanda e será contratado mais vezes.

Mostre-se diligente

Para resolver as diversas questões que podem ser solicitadas a você, é preciso ser proativo. Como o nome da profissão mesmo indica, você deve ser diligente. Nesse sentido, caso haja obstáculos para o cumprimento da tarefa, busque formas de contorná-lo da maneira mais rápida e fácil.

Por exemplo, suponha que um escritório solicitou que fosse requerido o desarquivamento de um processo, sem saber da necessidade de pagamento de uma taxa. Neste caso, obtenha todas as informações úteis quanto à forma de fazer isso e repasse-as de forma completa a quem solicitou seu serviço. Você também pode se oferecer para isso, demonstrando que atua buscando a máxima satisfação de seus contratantes.

Receba feedbacks

A melhor forma de saber se o seu serviço está agradando as pessoas que contratam você — ou, em caso negativo, entender o que precisa melhorar — é perguntando para elas. Ter um feedback é uma maneira de demonstrar vontade de aprimorar o seu trabalho constantemente.

Então, sempre que concluir um serviço, procure saber o que o contratante achou dele. Solicite sugestões, críticas e elogios. Mas não se esqueça de que é muito importante ter humildade para recebê-los, e, para isso, tente entendê-los como uma forma de buscar o seu crescimento profissional.

Como você viu, uma atividade tão importante como a correspondência jurídica deve ser exercida com zelo e dedicação. E, para atingir esse objetivo, não deixe de aplicar essas dicas que trouxemos para você.

Com elas, será possível transmitir mais segurança, demonstrando que você entende o que está fazendo. Ainda, a facilidade de ser encontrado e a sua proatividade serão motivos para conquistar maior reconhecimento. Ao final, encontre no feedback dos clientes o caminho para melhorar cada vez mais. Dessa forma, o sucesso profissional como advogado correspondente será certo. Pode acreditar!

Para se destacar ainda mais, algumas ferramentas podem ser muito úteis. Entenda!

Powered by Rock Convert